Dia Mundial de Luta contra a Aids


Em comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, o artista plástico Vik Muniz reuniu 1,2 mil pessoas no Ginásio Thomeuzão, em Guarulhos, para a foto que será utilizada na campanha do Governo Federal.
Os bastidores do trabalho serão apresentados, na forma de filme, com um minuto de duração, neste domingo, dia 29, no intervalo do Fantástico, Rede Globo.
A partir do dia 30, o vídeo será disponibilizado na internet, pelo You Tube.
Para a produção e a fotografia de “O Beijo”, foram reunidas pessoas soropositivas e simpatizantes ao combate à Aids que, através de mosaicos, reproduziram o beijo de um casal heterossexual, dois casais homossexuais e um entre uma mãe e seu filho.
Os voluntários para as fotos foram selecionados através do Departamento Nacional de DST, Aids e Hepatites: “queríamos casais que vivem a realidade da discriminação, do preconceito”, afirmou Eduardo Barbosa, diretor Adjunto do Departamento.


O Beijo será ampliado e exposto em quatro cidades brasileiras, segundo o Departamento. Além disto, será lançado o livro Vidas em Crônica, que relata histórias de pessoas que vivem ou convivem com o HIV nas décadas de 80, 90 e 2000.
Hoje dia 1º de dezembro, em cerimônia realizada em Brasília, as fotos serão doadas ao Ministério da Saúde – Governo Federal, que irá doá-las para o MASP – Museu de Arte de São Paulo.

Segundo o artista, quando foi convidado para criar a campanha, a imagem que logo lhe ocorreu foi o do beijo, por ter uma mensagem forte que remete ao amor. Mas a idéia também lhe veio à mente por ter uma lembrança antiga e triste. Quando chegou à Nova Iorque, em 1983, os Estados Unidos viviam o auge da paranóia da Aids, sem informações precisas, prevalecendo o medo de contágio. Assim, com esse medo, Vik foi visitar um de seus melhores amigos que estava em fase terminal: “pela minha ignorância, tive medo de beijá-lo. Sofro com isso até hoje”.

O Ministério da Saúde lançou o site http://www.todoscontraopreconceito.com.br
Todos contra a Aids, onde é possível acessar informações atualizadas sobre a doença no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Legal obrigado por participar você é muito importante para o Olhar Masculino Gay de Piracicaba